Núcleo de Apoio à Pesquisa – MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Português Inglês Espanhol

Carlos Roberto Azzoni

Economista (Associação Padre Anchieta de Ensino, 1971), Mestrado (1975) e Doutorado em Economia (1982), IPE, FEAUSP. Professor da FEAUSP desde 1973; Livre-Docente desde 1985; Professor Titular desde 1995. Foi chefe do Departamento de Economia, vice-diretor e diretor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP. Distinguished Visiting Professor, University of Illinois (2012). É membro do Conselho de Relações Internacionais da USP, do Conselho Deliberativo do Instituto de Relações Internacionais da USP e do Overseers Committee of the Lemann Institute for Brazilian Studies, University of Illinois. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Economia Regional, atuando principalmente nos seguintes temas: desigualdade regional, desigualdade de renda, convergência, distribuição de renda e decisões de investimento. Foi membro do conselho científico da Regional Science Association International, foi fundador e é membro do Conselho Superior da ABER - Associação Brasileira de Estudos Regionais e da Regional Science Association of the Americas. É membro de conselhos editoriais de 4 revistas internacionais e de 6 nacionais. É parecerista de 15 revistas internacionais e de 12 revistas nacionais. Tem Bolsa Produtividade em Pesquisa do CNPq; é pesquisador do INCLINE - Núcleo de Apoio à Pesquisa em Mudanças Climáticas da USP; é pesquisador do INCT Mudanças Climáticas, com apoio do CNPq e da Fapesp.

http://lattes.cnpq.br/7555125918098797

http://lattes.cnpq.br/7555125918098797

cazzoni@usp.br

Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia Administração e Contabilidade

Eduardo Amaral Haddad

Eduardo Amaral Haddad é Professor Titular do Departamento de Economia da FEA/USP, onde atua na graduação e na pós-graduação, lecionando cursos na área de Economia Regional e Urbana e Equilíbrio Geral Aplicado. Sua principal linha de pesquisa inclui-se no campo de análise regional, com especial interesse na especificação, implementação e aplicação de modelos econômicos inter-regionais. Em seus trabalhos, tem tido a preocupação em utilizar estes instrumentais analíticos para formulação e avaliação de políticas econômicas, com especial interesse no caso brasileiro. A questão regional, em que se consideram a distribuição da atividade e da renda no espaço econômico nacional e suas interações espaciais, tem sido a linha mestra de sua produção acadêmica, desde suas primeiras incursões, ainda na graduação, até os trabalhos mais recentes. Dentro desta linha de pesquisa, outros projetos relacionam-se intimamente a seus interesses, especialmente na área de modelos econômicos de grande escala. Possui experiência como consultor de agências internacionais de desenvolvimento, tais como Banco Mundial, Banco Interamericano de Desenvolvimento, OECD, Nações Unidas (PNUD, PNUMA) e Joint Africa Institute. O Professor Haddad é o autor do livro ?Regional Inequality and Structural Changes: Lessons from the Brazilian Experience? (Ashgate, 1999) e possui diversas publicações, nacionais e internacionais, sobre análise de insumo-produto inter-regional, modelos de equilíbrio geral computável e vários aspectos do desenvolvimento regional brasileiro. Também possui contribuições relevantes nas áreas de ciência regional e desenvolvimento econômico. Foi Coordenador de Pesquisas (2002-2005) e Diretor de Pesquisas (2005-2013) da FIPE. Atuou também como Presidente da Associação Brasileira de Estudos Regionais (ABER) e da Regional Science Association of Americas RSAmericas). De janeiro de 2014 a julho de 2015 passou 18 meses desenvolvendo pesquisa na International Economics Section do Departamento de Economia da Universidade de Princeton, e na Edward J. Bloustein School of Planning and Public Policy, na Universidade Rutgers. É membro do Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas.

http://lattes.cnpq.br/1343302903420183

http://www.usp.br/nereus

ehaddad@usp.br

Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia Administração e Contabilidade